CAFÉ COM ERP: "Uau!!! Que Oportunidade!!!"



Quando falamos de projetos de ERP, vemos de tudo referente às pessoas, inclusive aquelas que vão estar dando pulos de alegria e dizendo “Uau!!!”. E isso pode ser um ponto positivo ou uma grande dor de cabeça.

Nada é mais devastador que um incompetente motivado. Só para exemplificar o que falo, num determinado projeto de ERP, em uma fábrica multinacional de cosmético, existia um estagiário na área de Planejamento de Produção que, num determinado momento, acabou com todas as estruturas de parametrizações e uma parte da base de dados do ERP porque queria “aprender um pouco mais” e ficou mexendo em tudo no servidor… nem preciso dizer que uma parte do que ele destruiu não foi possível reconstruir com backups.

Outro ponto negativo que as pessoas super motivadas podem gerar, é uma tensão na equipe, querendo forçar os demais a entrarem no ritmo delas ou ainda incomodando a todos em demasia na busca por informações e direcionamentos.

Como tudo que se refere aos projetos de ERP, isso também precisa ser gerenciado.

As pessoas super motivadas costumam ser iniciantes de carreira, profissionais que estavam querendo mudar as operações da empresa e viram no projeto uma boa oportunidade, pessoas que sabem dos ganhos de empregabilidade por conhecer um ERP ou ainda pessoas que simplesmente gostam de projetos e/ou de ERP.

Do lado do fornecedor de ERP também existem os super motivados que trabalham como Analistas de Implantação, onde enxergam no projeto um benefício de aprendizado (seja por causa do segmento de negócio, das pessoas envolvidas ou pelo porte da empresa) ou ainda a possibilidade de um dia vir a trabalhar na empresa contratante do ERP.

Seja como for, o Gerente do Projeto tem que perceber a motivação de todos e saber usá-las ao seu favor. Os super motivados vão estar dispostos a trabalhar duro nas atividades que outros talvez não queiram, você pode solicitar que os mesmos aloquem tempo extra em atividades de aprendizado relacionados ao projeto e eles vão fazer com muito gosto e ainda você pode utilizá-los… com muito cuidado… para interferir positivamente com outros membros não tão motivados que estão na equipe.

Isso vai demandar muita habilidade e conhecimento sobre liderança e relacionamento interpessoal.

Valorize as pessoas super motivadas da sua equipe com ações reconhecimento público dos seus esforços, alocando em atividades desafiadoras e fornecendo todos os recursos possíveis para que elas aprendam muito no caminho… que tal liberar o pagamento daquele curso que vai fazer a diferença na carreira deles e que vai ajudar no projeto? Ou ainda colocá-los como super usuários no projeto?

Os super motivados estão entre nós!!! E o quanto eles vão fazer a diferença (para melhor ou para pior) vai depender de você não negligenciar a existência deles, e perceber, logo no início, quem eles são e quais são os seus fatores de motivação.

Análise 01: você já conseguiu mapear se tem pessoas super motivadas na sua equipe de implantação do ERP? Como você está fazendo isso? Você está realmente ciente dos riscos e das oportunidades que eles podem trazer?

Análise 02: você, fornecedor de ERP, está ajudando o gerente de implantação do seu cliente na identificação e na utilização das pessoas super motivadas? De que maneira está fazendo isso? E na sua equipe tem pessoas que estão nesse “nível de vibração”? Como você está tratando isso?

Mãos e mentes à obra!!!




Mauro Oliveira








Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Falando Sobre... Fluxo de Caixa e os ERP

Falando Sobre... Contas a Receber e os ERP

Falando Sobre... ROI dos ERP