CAFÉ COM ERP: Quanto de Um ERP Tem Num Shampoo?




Quando você comprou o shampoo que está no seu banheiro tenho certeza que você nunca parou para pensar no quanto os ERP das empresas envolvidas na criação, fabricação, distribuição e venda estão embutidos nele... mas vamos fazer isso agora.

O Marketing, analisando as tendências de mercado e/ou fazendo pesquisas de mercado descobriu uma oportunidade para colocar um shampoo, e isso foi possível devido a milhares de registros de mercados, captados de várias fontes e tratados de várias formas, bem como as análises e dados das pesquisas feitas em campo, foram disponibilizados no ecossistema do ERP, que apoiou os processos de tomada de decisão de produzir o shampoo.

O Desenvolvimento Galênico (que faz o shampoo) e o Desenvolvimento de Embalagem, associados ao setor de Assuntos Regulatórios fazem um conjunto de testes em lotes-piloto, mockups (modelos) de produtos acabados, desenhos e especificações de materiais e processos e uma validação apurada com base nas regras da ANVISA com o objetivo de atender as especificações/desejos do Marketing no tempo hábil... milhões de dados são gerados, colocados e consultados, bem como várias ações de alertas e vinculações de documentos são postos no ecossistema do ERP.

Marketing/Vendas definem metas e planos, a Gestão Industrial, Qualidade e Logística providenciam todos os recursos e as transformações necessárias, dezenas de fornecedores são acionados e a Gestão Financeira viabiliza os processos... outras dezenas de milhões de registros são trabalhadas numa harmonia e velocidade assustadora dentro do ERP da fabricante, sem contar com outras dezenas de milhares de registros que foram gerados e tratados nos ERP dos fornecedores.

A Venda ocorre em diversos canais e o Marketing fica de olho em tudo e faz os seus ajustes de comunicação com o mercado. Muitos processamentos em tempo real são realizados junto com as tomadas de decisões de todas as empresas envolvidas... e claro, muitos ERP participando disso.

Nas lojas todas as análises de melhores combinações de disposição de produtos com base nos tickets foram feitas, bem como os preços de venda, as formas de desconto, comissionamentos e tudo relacionado com a logística estão plenamente atentos aos movimentos dos consumidores... e mais outros milhões de dados, processamentos, alertas e processos de decisão foram feitos com o apoio do Ecossistema de ERP.

Associando a tudo isso, temos as ações indiretas de gerenciamento de pessoal, segurança física e patrimonial, TI, contabilidade, tributos e tudo que for necessário para suportar as operações da empresa estão dentro dos Ecossistemas do ERP.

Para ter o seu shampoo na prateleira do seu banheiro dezenas de ERP foram utilizados, bem como centenas de milhões de dados, alertas e processos decisórios... fazer e vender shampoo não é tão fácil quanto muitos pensam.

Na próxima vez que usar o seu shampoo lembre-se disso que falamos aqui e tente vê-lo como um produto da Era da Informação e não mais como algo básico que os seus avós usavam.


Análise 01: Você conhece a cadeia de informação que o seu trabalho está inserido? As demais pessoas da sua empresa sabem do fluxo das informações que elas trabalham? Valorizam isso? Monte uma campanha interna de entendimento e valorização dos sistemas de informação da empresa. Enfatize a importância da acuracidade das informações, explique o porque que os “jeitinho” são nocivos a empresa e os benefícios da integração das atividades nas opoerações.


Análise 02: Você, fornecedor de ERP, o que você pode fazer para ajudar o seu cliente a fazer o que está descrito na Análise 01? Inclua essa atividade na Implantação e na Pós-Implantação do ERP.


Mãos e mentes à obra!!!




Mauro Oliveira

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Falando Sobre... Fluxo de Caixa e os ERP

Falando Sobre... Contas a Receber e os ERP

Falando Sobre... ROI dos ERP