ERP EM GOTAS: Até os recursos de controle tem que ser na medida certa

Há momentos em que se ter controles demais atrapalha! Isso, no mundo empresarial sem sistemas (que ainda existe bastante gente nele), é sabido e levado em consideração, mas como fazer com que um determinado ERP consiga ter os controles apropriados para operações pesadas e/ou complexas e, ao mesmo tempo, consiga ter controles adequados para operações mais simples e/ou menores? Resposta: com muitos recursos de parametrização direcionados para isso! Construir um ERP não é uma tarefa fácil, mantê-lo atualizado pode ser um suplício e reconstruí-lo para atender as novas demandas de mercado é outro sufoco a ser encarado, mas as softhouses que querem continuar no mercado de ERP (estamos falando de mais de 700 no Brasil de hoje) precisam ter esse esforço constante de evolução... esse é o preço de ficar no negócio.

Palavras-chave: Controle, Parametrizações
Pontos de Aprendizado:

Fornecedor de ERP
a) Reavalie o nível de detalhamento das parametrizações do seu ERP. São adequados para todas as necessidades dos seus clientes potenciais?  Como você sabe disso?
b) Os mecanismos de controle do seu ERP conseguem se adaptar para qualquer nível de complexidade que os seus clientes potenciais precisam? Como você sabe disso?

Cliente de ERP (em Seleção)
a) Como você vai avaliar o grau de detalhamento das parametrizações dos ERP dos seus potenciais fornecedores?  Você está usando práticas adequadas?
b) Como você vai avalizar os mecanismos de controle dos ERP dos seus potenciais fornecedores?

Cliente de ERP (em Implantação/Reimplantação) (em Pós-implantação)
a) Mantenha um olhar crítico regular sobre o nível de detalhamento das parametrizações do seu ERP e troque essas informações com o seu fornecedor.

b) Compartilhe constantemente as suas necessidades de controle com o seu fornecedor de ERP.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Falando Sobre... Fluxo de Caixa e os ERP

Falando Sobre... Contas a Receber e os ERP

Falando Sobre... ROI dos ERP