ERP EM GOTAS: Você não gerencia aquilo que você não monitora e controla

Monitoramento e Controle! Muitos gestores de negócio falam sobre isso, mas praticam muito pouco, mesmo tendo bons recursos nos seus ERP para executar tais tarefas. Um amigo meu definiu muito bem o que cada um desses termos significa, utilizando um exemplo: ao dirigir um carro em uma serra você percebe que ele está saindo da rota desejável (isso é MONITORAMENTO) e você consegue, antes de passar de um certo limite que torne inevitável a queda no precipício, fazer com que o carro volte para a rota desejada ou bem próxima dela (isso é CONTROLE)... o ERP pode ajudar você a fazer várias ações de monitoramento e de controle dos seus negócios, mas é você quem deve definir os parâmetros.

Palavras-chave: Monitoramento, Controle

Pontos de Aprendizado

Fornecedor de ERP
a) Reavalie o seu processo de implantação para orientar o seu cliente sobre os recursos de monitoramento e de controle do seu sistema.

Cliente de ERP (em Seleção)
a) Os parâmetros de monitoramento e de controle desejados nos processos estão bem delineados? Como você sabe disso?

Cliente de ERP (em Implantação/Reimplantação)
a) Reavalie o seu processo de implantação para garantir que os seus usuários vão buscar a utilização dos recursos de monitoramento e de controle disponíveis no seu ERP.
b) Caso o seu ERP não tenha os recursos de monitoramento e de controle, avalie a possibilidade de desenvolvimentos sob encomenda, uso de aplicações externas, ou ainda, recursos do seu banco de dados para essa finalidade.

Cliente de ERP (em Pós-implantação)

a) O seu processo de melhorias contínuas do ERP tem destaque sobre a evolução das necessidades de monitoramento e de controle da sua empresa e a busca por soluções pelo ERP?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Falando Sobre... Fluxo de Caixa e os ERP

Falando Sobre... Contas a Receber e os ERP

Falando Sobre... ROI dos ERP