ERP EM GOTAS: Servidor próprio: ter ou não ter, eis a questão

Colocar ou não o ERP dentro de um servidor na minha empresa? Para tomar essa decisão você tem que analisar se terá serviços internos ou terceirizados adequados para mantê-lo, os custos de softwares para infraestrutura, os riscos relacionados com falhas/defeitos da infraestrutura, os impactos das variações com a banda larga da internet, a operação do servidor, entre outros. Não é uma decisão trivial e nem estamos falando somente de uma comparação básica entre comprar um servidor e mantê-lo interno contra a virtualização de serviços... os impactos dessa decisão no projeto de ERP são significativos.


Pontos de Aprendizado:


Fornecedor de ERP:
a) Você fornece orientações apropriadas para os seus clientes decidirem sobre as possibilidades de uso do servidor? Como você sabe disso?
b) Avalie a possibilidade de ofertar os serviços de gestão dos servidores com o seu ERP. Monte um plano de negócios.


Cliente de ERP (em Seleção)
a) As definições de como vocês vão alocar o servidor foram feita antes de iniciar o processo de seleção do ERP? Vão ser feitas durante o processo de seleção de ERP?
b) O orçamento do projeto inclui as variáveis de investimento relativas ao servidor pretendido ou potencial?


Cliente de ERP (em Implantação/Reimplantação)
a) Na estrutura do seu projeto existe alguma etapa de validação das especificações do servidor e da infraestrutura associada a ele? Se não, coloque-a agora.(a)


Cliente de ERP (em Pós-implantação)
a) No seu processo de melhorias contínuas existe a constante avaliação sobre a alocação do servidor e a sua infraestrutura associada?(b)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Falando Sobre... Tesouraria e os ERP

Falando Sobre... Fluxo de Caixa e os ERP

ERP EM GOTAS: Desenvolver ERP sob encomenda é para poucos