ERP EM GOTAS: A minha maneira

Existem formas e formas de implantar um ERP numa empresa. Alguns partem para o “grande movimento”, no qual tudo e todos devem se envolver no processo rapidamente, outros vão implantando por módulos com disciplina, mas levando o tempo que for necessário; alguns fecham grupos de processos em que o “desligamento” do sistema de informação anterior ocorre por partes, entre outros. Seja qual for a forma que for adotar na sua implantação você deve se perguntar: minha infraestrutura aguenta? Meus objetivos vão ser atingidos dessa forma? Quais são os riscos que vou passar com essa decisão?

Pontos de Aprendizado:


Fornecedor de ERP:
a) Seu processo de implantação é flexível o suficiente para respeitar os limites dos seus clientes? Como você sabe disso?
b) Sua equipe de implantação sabe visualizar as limitações e os objetivos dos seus clientes? Como você sabe disso?


Cliente de ERP (em Seleção)
a) O seu processo de seleção de ERP inclui uma análise sobre a metodologia de implantação sugerida pelo fornecedor de ERP?


Cliente de ERP (em Implantação/Reimplantação)
a) Você está ciente das suas limitações para o projeto? Como você sabe disso?
b) Os objetivos do projeto de ERP estão plenamente definidos e interiorizados pelos gestores da empresa? Como isso afeta a escolha da metodologia da implantação do ERP?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Falando Sobre... Fluxo de Caixa e os ERP

Falando Sobre... Tesouraria e os ERP

ERP EM GOTAS: Desenvolver ERP sob encomenda é para poucos