CAFÉ COM ERP: Seu ERP Não Precisa Sofrer de Solidão



ERP tem sentimentos? Não, ainda não chegamos a este ponto. O que quero passar neste post é que estamos numa época em que a complexidade e os graus de interação exigem que os nossos sistemas “conversem” constantemente e de forma natural.

Bancos, Receita Federal, órgãos de fiscalização, clientes, parceiros, fornecedores e associações estão muito presentes no nosso cotidiano e o que vemos no mercado é um desnível grande nestes processos de comunicação.... isso não ocorre por causas técnicas e sim por questões gerenciais.

Falta de atitude, falta de conhecimento quanto às possibilidades, falta de meios para buscar as melhorias e evoluções necessárias, falta de visão... falta de entendimento da verdadeira importância do ERP nos negócios.

Seja o motivo que for que o tenha feito até esse momento não providenciar as integrações externas do seu ERP que possam promover verdadeiras ações de redução de riscos e aumento da produtividade, ele passou a não existir... DIGA NÂO A SOLIDÃO DO SEU ERP e tome uma ação agora!!!

Bons exemplos de integrações são: franquias de lojas (master e franqueados), CNAB bancário, EDI mercantil/logístico, uso de robôs na coleta instantânea de informações jurídicas com os tribunais/D.O.U., rede de concessionárias e de assistência técnica, redes de representações comerciais, portais de serviços de turismo, plataformas de seguros, etc.

Levante a sua situação atual de integração com agentes externos, defina quais são as integrações que vão te trazer benefícios, converse com a sua área de TI para ver como pode ser feito isso... detalhe, não aceite nada complexo e nem mirabolante. O simples é a regra, e tire do caminho tudo o que possa atrapalhar essas ações.

ERP sem solidão é um ERP mais produtivo...passe a mensagem.

Análise 01: faça um workshop com as pessoas-chave da sua empresa e mapeie todas as possibilidades de integrações que o seu ERP tem com o seu ecossistema, e depois trace um plano de desenvolvimento dessas integrações... cabe ressaltar que essa ação também é válida para as softhouses.

Análise 02: pense “fora do quadrado” e veja todas as possibilidades de realizar integrações com o seu ERP... o que eu posso fazer para facilitar a vida dos meus clientes no que se refere a integração?

Mãos e mentes à obra!!!


Mauro Oliveira

mauro.oliveira@espacoerp.com.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Falando Sobre... ERP Desenvolvido Sob Encomenda

Falando Sobre... ROI dos ERP

Falando Sobre... Fluxo de Caixa e os ERP